terça-feira, 28 de novembro de 2017

Polícia apreende milhares de litros de combustível roubado

Polícia apreende milhares de litros de combustível roubado

Por Grs Quive

A PRM na Zambézia recuperou, há dias, um total de 11 mil litros de combustível de gasóleo roubados num navio que carregava areias pesadas na localidade de Deia, distrito de Chinde província da Zambézia.

O facto ocorreu na última sexta-feira numa altura em que um grupo de cidadãos fazia o descarregamento da mercadoria de uma lancha. A polícia chamada a intervir, neutralizou três supostos donos que, na altura, baldeavam o combustível. Os indiciados, no entanto, negam todas as acusações que pesam sobre si. Um deles explicou que quando a polícia chegou ao local, o verdadeiro proprietário estava a conversar com agentes da lei, tendo de seguida abandonado o local.

Um dos indiciados, identificado por Pedro Romão, disse que ajudou a polícia a procurar os visados nas suas casas. “Quando cheguei a uma das casas do senhor Betinho, a mulher deu-me 14 mil meticais para entregar ao marido, assim que ela soube que a polícia estava no local do descarregamento de combustível. Levei o valor e, chegados ao local, informei a polícia que o dono do combustível não se encontrava em casa e que a mulher ter-me-ia entregue aquele valor para dar o marido”, explicou.

Já na esquadra, aquando da apresentação do combustível, a Polícia apresentou igualmente os catorze mil meticais.

De acordo com Miguel Caetano, porta-voz do Comando provincial, aqueles valores foram usados para, supostamente, subornar membros da corporação, mas que no entanto, a Polícia não aceitou, nem o combustível, nem os catorze mil meticais. Assim sendo, o combustível e os catorze meticais vão constar do processo que será encaminhado aos órgãos de justiça para a responsabilização dos indiciados

Sem comentários

Enviar um comentário